Weby shortcut

3Rs

Por Mirian Machado Mendes Atualizado em 23/09/16 19:58.

Deve sempre haver reflexão para tentar reduzir o número de animais por procedimento experimental em um estudo, substituir o uso de animais sempre que possível e aprimorar métodos já descritos para minimizar o desconforto animal são imperativos. Nesse sentido no final da Década de 50 surgiu o princípio do programa dos 3Rs.   

 O programa 3Rs é assim denominado em função das iniciais, em inglês, das palavras: Reduction, Refinement  e Replacement. 

 

 REDUCTION (redução) é possível com:

• Estabelecimento de banco de dados, facilitação de acesso à literatura especializada e estímulo a publicação de resultados negativos.

• Qualidade genética, sanitária e ambiental dos animais possibilita uma menor dispersão dos resultados portanto diminuição do número de animais utilizados;

• Planificação das experiências a fim de poder compartilhar os mesmos animais.

  

REFINEMENT (refinamentoé possível com:

• Refinar os protocolos experimentais para minimizar a dor ou o estresse sempre que possível

Como refinar?

• Obter treinamento adequado antes de executar qualquer experimento;

• Usar técnicas apropriadas para o manuseio dos animais;

• Assegurar que as dosagens das drogas estão corretas;

• Identificar a dor ou o estresse e estabelecer procedimentos para prevenir ou aliviá-los;

• Usar analgésicos e anestésicos apropriados para experimentos potencialmente dolorosos;

• Realizar cirurgias de forma asséptica para evitar infecções;

• Realizar uma única cirurgia por animal;

• Estabelecer cuidados pós-cirúrgicos adequados.

• Obter treinamento adequado antes de executar qualquer experimento;

• Usar técnicas apropriadas para o manuseio dos animais;

• Assegurar que as dosagens das drogas estão corretas;

• Identificar a dor ou o estresse e estabelecer procedimentos para prevenir ou aliviá-los;

• Usar analgésicos e anestésicos apropriados para experimentos potencialmente dolorosos;

• Realizar cirurgias de forma asséptica para evitar infecções;

• Realizar uma única cirurgia por animal;

• Estabelecer cuidados pós-cirúrgicos adequados.

 

REPLACEMENT (substituiré possível com:

• Substituição de estudos em animais vertebrados vivos, por invertebrados, embriões de vertebrados ou microorganismos;

• Trabalhos com órgãos e tecidos isolados de animais;

• Técnicas “in vitro” utilizando cultura de tecidos e células;

• Sistemas físico-químicos mimetizantes de funções biológicas;

• Simulação de processos fisiológicos utilizando computadores.

      

Para saber mais, leia:

http://www.scielo.br/pdf/rbcf/v40n3/04.pdf

http://www.nc3rs.org.uk/sites/default/files/documents/Guidelines/ARRIVE%20in%20portuguese%20%28Brazilian%29.pdf

Listar Todas Voltar